sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Angela Morrinson - Cante Para Eu Dormir



Recebi esta indicação de alguém, de algum grupo ao qual pertenço; não sei quem deu, mas agradeço de coração. Disseram que era bom e tals e pensei: pq não? E peguei para ler. Não sei pq motivo escolhi justamente este, mas caraaaca, que livro boooom. E achei que merecia uma resenha, apesar de estar enroladésima com uma revisão.

Vamos aos fatos: O livro trata, do começo ao fim, de amizade, superação, de um amor juvenil e também atemporal.

A mocinha, que é mocinha merrrmo, é uma adolescente de 17 anos e o mocinho tem 19. Sabe aquela garota que parece que veio ao mundo pra sofrer? É esta mocinha. Beth é seu nome. Já começa o livrocom o pai pegando o bebê no colo e dizendo: O que vc fez, Tara, que menina feeeeeia!!! Os pais se separam. Ele some e nunca mais aparece e Beth acha que foi por causa da sua falta de beleza. Era conhecida na escola como Fera ou Besta. Tem uma cena muito horrorosa de um menino da escola forçando-a a usar uma máscara de monstro para esconder seu rosto. Escorraçada, tratada com desprezo por todos, tinha um único coleguinha desde o maternal. Scott. Um fofo que nunca enxergou a tal feiura na Beth, sempre seu parceiro para todas as horas. E cheio de má intenção pra amiga... homens!!

Eles cantavam no coral da escola, e um belo dia descobriram que Beth cantava como um rouxinol. E as mães que encabeçavam tal evento resolveram dar um Upgrade na mocinha. Tratamento de pele pra tirar a zica, marcas de espinhas, manicure no cotoco de unha comida, dar um trato da gafurinha... Tudo foi feito. Ensinaram Beth, a Fera, que maquiagem quebrava mó galhão. E eis que surge Beth, a coisa linda. Ela renasce, mas ainda com o espírito da Besta. Ainda se enxergava o patinho feio da parada. O coral foi escolhido para representar os EUA num evento mundial e Beth seria a cantora solo, a estrela da escola. E lá... conhece Derek, que representava sua escola... que por incrível que pareça... era no Canadá!

Não liguem pra distância. Da cidade dele para a dela eram apenas 1h e meia. Voltando...

O Derek, além de lindo, tinha uma voz que era belíssima. Era o astro da escola dele. E antes do tal evento musical ele já tinha tentado ter um trelelê com a Beth via Facebook, mas deixa estar que a menina era como eu. Achava o FB coisa do mal....rsss

Eles se conhecem, reconhecem em cada um almas gêmeas, parceiros e amigos... e os dois são lindos demais. Lá dentro, sabe? Onde conta... e aí começa a odisseia com os dois tendo que retomar suas rotinas de escola, coral, e ainda por cima ter que aprender a inserir um tempinho para o relacionamento à distância dos dois.

Li dois livros na minha vida que me marcaram: Pollyana (por causa do jogo do contente) e este. O Cante para eu dormir, título do livro, é explicado ao longo deste. Beth sofria de uma doença chamada trissomia, que por si só é dura. E o menino tb tinha uma complicação... que ela erroneamente achava que fosse o vício das drogas. No decorrer do livro a gente se vê roendo as unhas (as minhas ficaram no cotoco) torcendo para que tudo desse certo. E Scott (o amigão) vinha correndo em paralelo, tentando continuar sendo o amigo que ela precisava, apesar de amá-la tanto... Como eu disse antes: trata-se de superação e amor... acima de tudo. Amor de amigo, amor de amantes e amor fraternal. É um livro forte, que te faz chorar de soluçar, mas que dá esperança. Lindo demais. Recomendo a todos. Este livro não é nada hot, mas merece ser lido!


Ti

19 comentários:

  1. Ti, excelente resenha... vou ter que ler este livro... por causa do que vc escreveu! bjs Cris Veiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, com certeza vc tem que ler.
      Depois me conta o que achou.
      bjs

      Excluir
  2. Ti, detesto livro "hot", prefiro livros iguais a este, que deixam o leitor emocionado e roendo as unhas pra saber o que vai acontecer nos próximos capítulos... nem precisso dizer que gostei do livro rsrss parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Didi, tenho certeza que vc vi gostar. É a sua cara,,rs

      Excluir
  3. Adorei a resenha Tininha e a estória é linda, baseada em fatos reais, emocionante. É o amor gerando o amor, é o sentir-se amada e assim amar, é muito lindo e triste ao mesmo tempo. Beijos. Obrigado. Um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, realmente achei muito interessante o foco que deram ao livro. Poderia ter ficado piegas, mas ficou sensacional!

      Excluir
  4. Oi meninas, muito obrigada pelos comentários de vcs. E o livro tocou beeeem lá no fundo, não me arrependi nem um minuto de ter lido. Ele é daqueles livros que valem a pena cada minuto que vc se perde nele, mergulha fundo e vai embora.
    É triste? É. Mas como disse a Fê, é amor gerando amor. Maravilhoso, apesar de triste. Super recomendo. É daqueles para vc deixar na sua estante e recomendar a todos os seus amigos!
    Mil bjs garotas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd, recomendo a todas as pessoas que gostam de ler. É um livro maravilhoso a autora é maravilhosa, li em algum lugar que ela tem vários livros lançados, mas que no Brasil somente esse. Que pena!

      Excluir
  5. A resenha está O MÁXIMOOOO! Mas ainda não me convence a ler um livro que foi feito pra chorar........kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Parabéns!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gladys, ele não foi feito para chorar. Chorar é consequência;; e lava os olhos, menina. Dá uma chance para o livro. É lindoooo!

      Excluir
    2. Gladys, desculpe-me mas o livro te faz chora sim e muito, mas a essência dele, é impagável e não é exagero, o livro é lindo em todos os sentidos.

      Excluir
  6. Eu li, tenho digital e fisico, meu livro preferido em todos que tenho e não é pouco.

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua resenha Ti. E já vi que vou ter que comprar este livro para conferir esta estória que te marcou tanto.
    Só espero não ficar sem as unhas, que já não são bonitas e nem ter que fazer conta na farmácia, por conta dos lencinhos que vou gastar.... kkk
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Lia, esquece das unhas...rsrsrsrs
    leia que vale a pena. O livro é baseado em uma história real, mas o livro se baseia mesmo é na amizade, amor e superação. Achei maravilhoso.
    Leia depois me diga o que achou.
    A gente se vê na Bienalllll!! E aproveito e te mostro o estado das minhas unhas...hahahaha

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo com você, que este livro é dos que marcam. Amei de paixão e fico dando pra todo mundo ler. No começo eu me perguntei o que estava fazendo lendo um livro que a mocinha tinha 17 anos, na época tinha acabado de ler 50 tons, mas me apaxonei e é um livro que estou sempre revisitando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcia, eu tenho dois livros que sempre dou de presente. Esse é um e o outro é o Como eu era antes de você. Todos os dois contam uma história e deixam algo para pensar. Amei os dois.

      Excluir
  10. Eu quero Spoilerrrrr, com quem ela fica? Ela morre? E o amigo? E o Derek? Kkk Pleaseee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lívia... se eu te contar com quem ela fica, tiro a graça toda do livro.
      leia que vc vai amar!! Juro!!! rsrsrs

      Excluir

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS