terça-feira, 3 de junho de 2014

BOOK TOUR: Lisa Marie Rice - Breaking Danger (Ghost Ops #3)





Antes de mais nada, queremos agradecer a Avon Books, a Harper Collins Publishers e a Lisa Marie Rice por nosso blog ter sido convidado a participar deste Book Tour, onde tivemos a honra de ler em primeiríssima mão o mais novo Best-seller Ghost Ops 3, e pela confiança depositada. Ficamos muito felizes de mais uma vez poder participar deste prazer que é ler Lisa. Também não poderíamos deixar de citar nossa querida amiga e blogueira Vânia Nunes (http://aborboletaquele.blogspot.com.br/), que está à frente da parada. Sem ela, nada disso teria sido possível.

Não é segredo pra ninguém que somos fãs de carteirinha da Lisa. Seus livros sempre têm uma fórmula que nos agrada muito. Seals, o protetorismo dos TDB, diálogos e cenários eletrizantes. Esse livro fechou a trilogia com chave de ouro, amarrou todas as possíveis pontas que poderiam ser levantadas nos livros anteriores da série. Personagens coadjuvantes têm suas histórias contadas ao longo dos volumes. Maravilhoso e diferente, mas não menos cativante.

Recapitulando rapidinho: nos livros anteriores, Mac (do livro 1), Nick (do livro 2) e Jon veem-se envolvidos numa trama orquestrada pela Arka, colocando-os como traidores da pátria. Catherine e Elle, além de cientistas, têm alguma percepção extrassensorial, que foi o que atraiu os chefes da Indústria Farmacêutica Arka para que as levassem para trabalhar com eles. No finalzinho do livro 2, Nick consegue libertar Elle, que é amiga de Sophie Daniels, a mocinha desse livro; mas não encontra Sophie, voltando para Haven sem ela.

Nesta terceira e última história, o livro já começa altamente dinâmico. Sophie consegue enviar um e-mail para Elle dizendo que no meio do vuco-vuco do início da disseminação do vírus, ela consegue entrar no escritório do Poderoso Chefão que tinha virado zumbi e surrupia uma maleta com 200 doses de vacina e vírus vivos isolados. Cenário assustador, né? Pois bem, as coitadas aqui ficaram com afliceta, devorando as páginas do livro na curiosidade de saber: o que Lisa faria com tal situação? Confesso que não sou nada fã de zumbi, morro de medo. E as cenas são bem impactantes. Mas caaaaraa, é Lisa! E ela quebra todas as barreiras que te impedem de ler algo fora da sua zona de conforto.

Jon se oferece para ir resolver a situação, já que está obcecado pela imagem da linda e desamparada Sophie, que está ilhada em seu apartamento, cercada de infectados por todos os lados. Ela se obriga, como a cientista que é, a controlar seu pavor diante da situação e fica escondida por trás da janela observando o comportamento dos infectados. Ela deixa bastante claro que eles não são zumbis, pois o vírus se instala num organismo vivo, portanto são infectados. E a infecção se dissemina muito rapidamente.

Indo ao encontro de Sophie, Jon se depara com cenários dignos de Hollywood. A cidade está completamente destruída, tomada por hordas de infectados, que diferente do que costumamos ver, são tão rápidos quando os de Guerra Mundial Z, estrelado por Brad Pitt; o humano ainda não contaminado que se atrevia a tentar sair era imediatamente atacado se percebido através do barulho e do instinto mais apurado daqueles que estavam com o vírus, o olfato. A cena das crianças na árvore... foi difícil dormir depois daquilo.

Jon encara uma situação horripilante, acabando na porta da casa de Sophie e... foi o sexo que rolou mais rápido em toda a história dos romances já escritos no planeta! O cara cai dentro da casa em cima da bonitona e fecha a porta com o pé. Em seguida...  pá-pum! Como assim?! Kkkk. Bateu o olhar e pronto. Já era! Ahhh, como adoro isso nos homens de Lisa! Eles não vacilam, não pensam que poderia isso e aquilo, e aquilo outro. Nada disso. É mão naquilo, aquilo naquilo e o mais depressa possível. Mesmo por que o mundo estava acabando e vai que... né? Melhor resolver a parada logo! E ele resolve. E como resolve! Ai, que inveja dessa Sophie, meldels!! A mulher pegou nada mais, nada menos que o loiro mais lindo, cabelos longos, surfista, gostosão “aparentemente” tranquilo, mas com uma história de vida muito punk.

Apaixonante, eletrizante, dinâmico, altamente viciante, é como descreveríamos esse livro. Pensamos que seria muito improvável ela dar um fim à história nesse volume, mas estamos falando de Lisa! Ela fecha brilhantemente, de uma forma que mesmo a mais exigente criatura não teria do que se queixar. Haven acaba se tornando o que seu nome diz. Final surpreendente, adorável, mas com início, meio e quase até o finalzinho de roer as unhas. Preparem-se, minha gente. A mulherada pira!


Review in English

First of all, we want to thank Avon Books, Harper Collins Publishers and Lisa Marie Rice for our blog have been invited to take part in this Book Tour, where we had the honor of reading in very first hand the newest Bestseller Ghost Ops 3, and the deposited confidence. We are very happy to, once again, take part in this pleasure that is to read Lisa. Also could not fail to mention our dear friend and blogger Vânia Nunes (http://aborboletaquele.blogspot.com.br/) who is ahead of the thing. Without her, none of this would have been possible.

It is not secret for anyone that we are rabid fans of Lisa. Her books always have a formula that pleases us greatly. Seals, protective way of ATB (our guys All The Best), electrifying dialogs and scenarios. This book ended the trilogy with a flourish, it tied all the possible tips that could be raised in the previous books of the serie. The supporting characters have their history told along the volumes. Wonderful and different, but not less captivating.

Quickly review: In the previous books, Mac (book 1), Nick (book 2) and Jon find themselves involved in a plot orchestrated by Arka, putting them as homeland traitors. Catherine and Elle, besides scientists, also have some extrasensory perception, which is what attracted the heads of the Arka Pharmaceutical, so that they carried them to work-together. At the very end of the Book 2, Nick manages to realease Elle, who is a friend of Sophie Daniels, the girl of this book; but can’t find Sophie, coming back for Haven without her.

In this 3rd and last history, the book already starts highly dynamic. Sophie manages to send an e-mail for Elle telling that in the middle of mess of the beginning of the virus spread, she can enter the Godfather’s office, that had turned zombie, and pick up a case with 200 vaccine doses and isolated alive virus. Frightening scenery, right? Very well, the poor creatures here stayed with distress, devouring the book’s pages in the curiosity to know: what Lisa would do with such situation? I confess that I’m not a bit fan of zombie, I’m dead-scared. And the scenes are quite impactfull. But maaann, is Lisa! And she breaks all the barriers that keep you from reading something outside your comfort zone.

Jon offers himself to go to resolve the situation, since his is obsessed by the image of the beautiful and helpless Sophie, who is islanded in her apartment, surrounded by infected people everywhere. She obliges herself, as the scientist she is, to control your fright in front of the situation, and remains hidden behind the window observing the behavior of the infected. She makes it quite clear that they are not zombies, because the virus installs itself in an alive organism, therefore they are infected. And the infection spreads very quickly.
Going to meet Sophie, Jon come across with worthy Hollywood's scenarios. The city is completely destroyed, taken by hordes of infected that, different from what we usually see, are as fast as the ones of World War Z, with Brad Pitt; the remaining uncontaminated human who dared to try out would be immediately attacked if noticed through the noise and more accurate instinct of those who were with the virus, the sense of smell. The children's scene on the tree... It was hard to sleep after that.

Jon faces a horrifying situation, ending at the Sophie`s house door and... It was the sex that rolled faster in the entire history of the planet novels already written! The guy falls within the house over of the very pretty woman, and close the door with the foot. Then...  a quickie! How so?! LOL. He beat the look and done. It was already! Ohhh, how I worship that in Lisa's Men! They do not flinch, do not think it could be this and that, and that another. None of that! It is hand in that, that in that and as quickly as possible. Even because the world was finishing and what if... right? Better to solve the thing soon! And he solves. And how it solves! Ohh God, how I envy this Sophie!! The woman took nothing more, nothing less, than the most gorgeous blond, long hair, spunky surfer “apparently” quiet, but with a life story very punk.

Thrilling, electrifying, dynamic, highly addictive, is how we would describe this book. We think it would be very unlikely she gives an end to the history in this volume, but we’re talking about Lisa! She finishes brilliantly, in a way that even the most demanding creature would not have anything to complain about. Haven ends up becoming what its name says. Surprising, lovely final, but with a beginning, a middle and almost until the very end of nail bitting. Get ready, folks. The chicks freaks out!


LANÇAMENTO EM 15 DE JULHO NOS EUA.

18 comentários:

  1. Ahahahahhaha Cenas altamente hot e viciantes.
    Lisa Marie consegue prender nossa atenção até quando o enredo é improvável.
    Amadorei, meninas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vaninha, essa mulher é O Cara!!! The best! Caramba, fiquei maravilhada com o livro. E agora tô na síndrome do livro bom quando acaba... rsrs
      ô hômi bom, mô Pai... mas deu uma dúvida danada de qual pegar. Sei lá, fiquei encantada com todos, mas o Jon... ah, o Jon...
      Gamei!

      Excluir
  2. Adorei a resenha e foi ótimo dar uma lembrada no que acontece e quem são os personagens anteriores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, realmente lembrar dos outros personagens é sempre bom, né?? E o final??? Que coisa mais fofa... amei este livro!!
      E obrigada pelos pitacos..hehehe

      Excluir
  3. Jon ou Mac, ô dúvida cruel!!!rss

    ResponderExcluir
  4. E a pergunta continua... quando ela será publicada no Brasil?
    Que ela é ótima já sabemos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, essa é uma pergunta para as cartas..rs
      Realmente, como eu disse, as editoras estão engolindo barriga, né não??? Tão dando mó mole.

      Excluir
  5. Caramba, ainda não li nenhum livro dessa série esperando esse bendito do último sair para poder pegar tudo de uma vez só. Que aflição ler essa resenha e ter que esperar sabe-se lá mais quanto tempo... Eita editoras oreias secas... hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andréa, QUALQUER livro da Lisa vc pode ler pq é bom!!!
      Tem uns hominhos de papel sob medida e um jeito de escrever que te prende da 1ª à última linha.

      Excluir
    2. Pois é, Tininha, aí é que a coisa pega. ADORO essa autora. Por isso estou esperando sair o último dessa série para ler de uma tacada só os 03 livros. Ficar em estado de espera pelo próximo não é gostoso não. hehehe

      Excluir
    3. É vero.. a gente fica com afliceta esperando o próximo...rs
      Tá chegando... guenta...rs

      Excluir
  6. Oi meninas,
    Não sou muito fã desse tipo de livro, mas adorei a resenha!
    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marilda, pergunte pra sua irmãzinha Boattini como é viciante.
      É kinem Elma Chips... é impossível ler um só..rsrs
      Leia depois me conte.
      bjsss

      Excluir
    2. Viciante? Pergunte para o pescoço quebrado da Adriana ou para o cuore em frangalhos da Boattini, de tanto soca martela marreta no Cú...Eeeeca da Boattini com a leitura desses mocinhos ensandecidos!

      Excluir
  7. O que dizer dessa Dupla de Duas? Elas sempre estão juntas e nunca separadas nessa fita, inclusive nas resenhas ensandecidas! Confesso que foi uma delas, cujo nome começa com TI e acaba com NINHA que apresentou a Adriana esse espetáculo de autora, e que viciou a Boattini irremediavelmente, a tornando uma confessa drogada contumaz de suas obras

    ResponderExcluir
  8. É nóis na fita, mermãzinha!!! O que é bom a gente divide, compartilha e enfia na cabeça dazamiga!!! rsrsrs
    Eu amo Lisa, e sempre que posso tento aliciar as amigas para adentrarem esse maravilhoso mundo de hominho de papel tudibom!
    E amo duas resenhas tb!! Aliás, essa Dupla de Duas aprendeu montão contigo, Boa!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu adoroooo o jeitinho de vocês fazerem suas resenhas... kkkk
    São uma delícia de ler, e nos fazem dar boas risadas, e claro, acabamos a fim de ler o livro, afinal depois de saber que o Jon, é um gostosão estilo surfista e ainda por cima, é bom de cama, como ficar imune???
    Dica mais que anotada. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, sempre às ordens para as amigas.. rs
      E vc nos conhece. Uma vez espírito de porco, sempre espírito de porco... hahahaha
      saudades...
      bjss

      Excluir

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS