sábado, 5 de julho de 2014

Redenção e Submissão - Nana Pauvolih




    Tá. Por falar em redenção, essa Dupla de Duas se rende ao talento de Nana: definitivamente somos Nanetes!! Fantástica essa trilogia! A propósito, já fizemos a resenha do Reizinho, o tal cafajeste; quem não leu dá um confere umas resenhas abaixo. Nana tem um jeito todo próprio de escrever, sua escrita flui, você mergulha no livro e se deixa levar. Não está nem aí se a história se passa em Nova Iguaçu, Barra, Japão ou Paris. Caraca, você entra na coisa e participa, sofre, tem vontade de socar um, canta as letras das músicas, ou seja, num tá nem aí pra onde se passa, por que a história é boa pra caramba! E os personagens tem carisma, os diálogos são pra lá de envolventes, são os que você normalmente fala. Ai ai... só lendo pra ver. Aconselho a você, se não leu nenhum livro dela, que leia! Comece por essa série Redenção, que é apaixonante.
    Pra vocês terem uma ideia, quando terminamos de ler a Redenção do Cafajeste, dei logo um cutuque na Fidis pra pedir os livros pra Nana para a gente resenhar. Rapaize, a coisa vicia. Juro! Bom, mas vamos deixar de mi-mi-mi e bora pra fofocaiada do livro, que temos muito a contar. Pre-pa-ra!

    No livro 1, do Reizinho cafaja, ele faz parte de um grupo de amigos: Arthur, Matt e Antônio. E este que apresentamos agora lemos sobre a história de Matt, que gostava de um slapt e paft (BDSM...hehehe). Pois é, nosso menino de ouro com seus belos olhos dourados e cabelos loiros oferecia uma falsa imagem de anjo. E acontece que os moços frequentavam um antro de libertinagem (ulalá) chamado Catana. Lá a jiripoca piava no lombo da moçada e neguin se amarrava. Então, acontece que Matt arrastou uma asa para a esposa do Arthur, a Maiana, e ficou meio sorumbático (tipo arrastando corrente sabe? Ti quer falar bonito pra vocês acharem que somos cultas. Aff! Com 1,57 e 1,60m de altura, curtas tenho certeza que sim) uns tempos (isso no livro 1). Um belo dia ele vai lá no cafofo dos slapts e dá de cara com uma bela potranca morena. Só que eles não se bicaram muito. E por quê?

    Cara, Nana é má. Ô bicha ruim. Ela bota um moço angelical que gosta de dar uns tabefes com uma morenaça que também é chegada a dar uns catiripapos. A coisa fedeu. Ou será melhor usar o “U” aqui? Bem, aconteceram as duas coisas se é que vocês me entendem!! Até eles se acertarem foi muito efeito sonoro, tipo: plaft, poft, slapt, snif, chuack... creio que uns buáá também. Essa redenção na verdade veio para a Sophia. Ela teve um passado bastante cruel, sofreu abusos, mas Nana é Nana, a danada se vinga que é uma beleza. O safado que abusou dela pagou com juros e correção monetária, só por isso já ficamos fãs. A coisa se resolve mesmo. Nunca mais vamos olhar para umas inocentes agulhas de tricô da mesma maneira... rsrs

    Sophia é turrona, mas Matt também se acovarda, não querendo lutar pelo amor. Dos 3 livros, achamos o mais tranquilo, apesar de ter achado a Sophia meio marrenta... rsrs... Deu mó peninha do Matt. Mas tudo termina bem, muito bem mesmo, e ficamos surpreendidas pela forma como Nana dá um jeito no impasse do casal. Na verdade é quase que um rodízio: um dia tu bate, no outro apanha. Manero... kkkk

    Sophia trabalha no mesmo escritório de Matt, na verdade é uma das executivas abaixo dele na empresa, uma mulher decidida, acostumada a tomar decisões e tem muita dificuldade de ceder espaço para alguém se abostar na sua vida. Ela por vezes toma atitudes que nos deixou danadas da vida, mas Matt precisava de uma sacudida na sua zona de conforto. O moço estava meio mal acostumado.

    E o engraçado são os apelidos que Nana dá aos brinquedinhos dos meninos... essa veia divertida e sacana nos encantou. O bom gosto nos sapatos também é marca registrada da bonitona!


    Muito bacana foi o modo como Sophia, mesmo sendo uma pessoa com medo de envolvimento e com um passado amargo e traumático, acabou resolvendo a situação calamitosa onde a madrasta de Matt se mete (eita!) entre ele e o pai, causando um afastamento entre os dois, até então superamigos. Sophia deu um jeito bastante prático (adorei o diálogo entre as duas!!) e a doida sossegou o facho. Muito bem feita essa cena, Nana está realmente de parabéns!! Escrita fácil, gostosa de ler, e ela usa muito bem o bom humor. Agora esta dupla partirá para a resenha da Redenção final, do terceiro e último amigo. Em breve vocês poderão conferir aqui o que achamos. O nosso RX do Antônio... hehehe.
ATENÇÃO!
O Ministério da Dupla de Duas informa: Livro extremamente Hot com feitura de barba, cabelo e bigode. Contraindicado para pessoas hipertensas, cardiopatas, com problemas do sistema nervoso central das coxas.

34 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkk Morri de tanto rir com a resenha! Estou aqui com um sorriso bobo na cara e lágrimas nos olhos, não só das risadas, mas também de felicidade. Demais receber um elogio tão grande assim depois de um trabalho concluído e ainda de quebra me divertir tanto! Vocês são demais! "Sistema nervoso central das coxas" foi para matar! Obrigada, meninas, pelo carinho e pela resenha. Um beijão em cada uma e em todos que visitarem o blog. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, você deveria colocar um anúncio nos seus livros: satisfação garantida ou seu dinheiro de volta! Vc está realmente de parabéns pela sua criatividade e brilhantismo no desenvolver de suas histórias.
      E quanto a parte do sistema nervoso central das coxas, isso é coisa de Fidis, aquelauma não vale o que a gata enterra... rsrsr
      E foi um prazer ler seu livro, aliás, livros, e resenhar foi somente a consequência. Nós do Dupla de Duas só resenhamos livros que gostamos, que causa um vuco-vuco em nossas entranhas... rs
      Parabéns pelo seu trabalho!!!
      bjs

      Excluir
  2. Ri muito com a resenha. Esse é meu livro favorito da série Redençao, excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amamos esse livro. O Matt é um fofo!!!
      bjs

      Excluir
    2. Por mim colocava os três em fila e ia ser feliz, masssssss... Totonho mora em meu coraçãozinho!!
      Que homem é aquele???!!!! Upalele!!!
      rsrsrsrs

      Excluir
  3. Adorei a resenha, vcs duas são demais!!!
    Sou fã de carteirinha da Nana, os livros dela são realmente o máximo e o informativo do ministério da dupla de duas é perfeito!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse informativo realmente teve tudo a ver com o livro. Ele causa vuco-vuco nas entranhas... hahaha

      Excluir
  4. Meninas, adorei,
    permitam-me somente acrescentar o link da Amazon, para quem ainda não comprou, prestigiando o trabalho desta magnifica autora:

    http://www.amazon.com.br/Reden%C3%A7%C3%A3o-Submiss%C3%A3o-S%C3%A9rie-Livro-ebook/dp/B00J2AMKMU/ref=sr_1_3/183-2668845-9138921?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1404608438&sr=1-3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem lembrando, Maria.
      E fiquei sabendo que vc mora na cidade dos cadeados.. rsrs... adorei aquela cena no livro tb!! E a foto que vc postou no face da ponte dos cadeados é linda!!
      Estamos recebendo vários pedidos de meninas querendo saber onde compra os livros da Nana!!
      Obrigada pelos pitacos.

      Excluir
    2. É lembrado, gente.. rs.. ô pressa...

      Excluir
  5. Show a resenha de vcs.....
    Realmente a Nana é maravilhosa.....
    E os livros pra lá de ótimos. .....
    Parabéns. ......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sônia! Nana é maravilhosa sim!

      Excluir
    2. Sonia, ela é muito boa mesmo. Obrigada querida! Bjsss

      Excluir
  6. Ah, Tininha, você é uma bandida! Primeiro fala maravilhas do livro e depois coloca as advertências do Ministério da Dupla de Duas! Pois saiba que a velhinha aqui ficou super curiosa, mas se enquadra em duas das contraindicações...
    Fora isso, estou espantadíssima que toda essa movimentação esteja ocorrendo tão próxima da minha residência! Ohhhhh!
    Não sei de nada, sou inocente! ;)
    Parabéns pela resenha e pelo bom humor!
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Su!!! Na verdade esse aviso partiu da Fidalga... hahaha.. ela é a bandida, sou inocente nessa parada... rs
      E tudo isso acontecendo bem pertinho de vc, Su!! Dá um confere, mas antes pergunte ao seu cardiologista se pode viver grandes emoções... hahaha
      bjs e obrigada pela presença aqui no nosso cafofo.

      Excluir
    2. Su, pra ler esse livro a medicação tem que estar TODA na mesinha de cabeceira com mais 1/2 litro de água GELADA pra ajudar com a quentura que vem de "dentro das entranhas profundas do interior" de seu corpo. Coisa de louco!!! rsss

      Excluir
  7. Meninas suas resenhas são o máximo, muito divertidas, sou Nanete assumida e o talento da nossa autora não precisamos discutir, super indico está série redenção é perfeita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nery, obrigada, e aguarde a resenha do Toninho... rsrsrs
      Fizemos um RX do moço... kkkkkk

      Excluir
  8. Se vocês gostaram do livro do Matt, aguardem até ler o do Antônio . Adorei a resenha divertidíssima. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. KKkkkkkkk... Muito bôa!!! Rindo até chorar!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós tb rimos... e adoro as vinganças da Nana.. rs

      Excluir
  10. Eu resenhei esse livro e me disseram que foi boa, mas a de vocês foi maravilhosaaaaaaaaaaa
    Gargalhando alto...sistema nervoso central das coxassssss.
    Boa meninas,
    Amei.
    bjs
    Luana
    www.blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah. Luana... a gente se diverte escrevendo esses pitacos literários... rs
      E adoramos saber que vc gostou!
      bjs

      Excluir
  11. Meninaaassss! Resenha maravilhosa a de vcs! Morri de rir! Já li todos os livros da Nana e amei essa série... Mais o meu preferido é o meu Reizinho e Cafajeste... Nana é uma escritora maravilhosa!!! Parabéns para ela e vcs também!!! Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iza, tb estou viciada nessa série. Muito boa mesmo!!! rsrs
      bjs

      Excluir
  12. Adriana Gonçalves o meu preferido também é Totonho!! Ai gente!!! Homem grande, lindo, foderoso, RICOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, lindo, carinhoso, safadhênho, compreensível, lindo, cheiroso. Comentei que ele é lindo?!
    Obrigada pelo carinho ladies.
    Bjss

    ResponderExcluir
  13. Olá! Meninas... vocês são CULPADAS, nunca tinha lido nada da Nana até vocês resenharem A Redenção de um Cafajeste daí foi ladeira abaixo, comecei a ler e não parei mais, li uma nova série dela "Segredos" o primeiro livro é "Proibida" ameeeiiii, dei muitas risadas, pois, é engraçadíssimo e hoooootttttt, ansiosíssima pela continuação da série com 'Ferida" que enquanto não sai tô lendo outros livros dela (Tudo por Você, Quando Vi Você I e II, Tentação e Redenção e Submissão) A Nana é muito boa mesmo e vocês são demais, muito obrigada pelas dicas e as resenhas... são 1000, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Cris.. toca aqui!!!
      Nós tb nos apaixonamos pela Nana... ô escritora boa, viu??? Fazemos propaganda dela pq os livros dela são ótimos, nada a dever a qualquer autora best-seller americana. Cada uma no seu estilo, e quem ganha somos nós, leitoras!!!
      E vamos seguir com os demais livros da Nana que são bons demais!!! Vou seguir sua dica!!!
      Mil bjs, sua linda!!

      Excluir
  14. Caríssimas amigas. Adorei a resenha. Confesso, os livros não vou ler. Não faz o meu estilo. Pelo que entendi tem BDSM.
    E.... 50 tons de cintada, naninão, gosto é de romance, sacanagem sim, já o lombo..... to fora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabe o que tá perdendo, Marcinet. Os 50 tons de roxo caem muito bem nas moças... e no 2 tem troca-troca em quem segura a chibata... muito boooommm. Experimenta... aposto como vai gostar.
      Larga mão de ser besta e leia... rsss

      Excluir
  15. Os livros de nana pauvolih, são fantásticos. Leiam garotas vcs vão adorar bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,Maria Tereza. Todos, absolutamente todos os livros dela que li até hoje são fantásticos. Não apenas hot, mas envolventes, com pegada, com história. Nana é 10!

      Excluir

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS