domingo, 17 de agosto de 2014

Colleen Hoover - Hopeless e Losing Hope


  


Colleen Hoover é uma autora que é simplesmente diva! Maravilhosa. Nunca lemos nenhum livro dela que não nos emocionasse de uma maneira ou de outra. Pra quem não conhece, Colleen é a autora de Métrica (Slammed nos EUA) e de Maybe Someday. Ela arrasa com sua forma simples e ao mesmo tempo tocante de escrever. Aqui no Brasil essa série saiu como Hopeless - Um caso perdido. Os livros normalmente começam meio morninhos, você jurando que seria mais um desses que passaria batido na sua lista de livros a ler. Ledo engano! O livro é apaixonante e viciante. Tá avisado!
Bom, voltando ao livro, Sky era uma adolescente nada típica: pra começar foi adotada quando bem novinha e quase não tinha lembranças de quando morava com seu pai, que a abandonou para adoção bem pequenininha. Sua mãe adotiva, Karen, era totalmente contra tecnologia; então coisas que damos como certas tais como: celulares, internet, computadores e e-readers? Nem em sonho; pra ser sincera a bichinha nem sabia do que se tratava. Estudava em casa, e com muito custo conseguiu convencer a mãe a deixá-la fazer o último ano na escola onde sua melhor amiga, Six, estudava.  Six só se esqueceu de contar que estaria passando seis meses num intercâmbio... bandida!... deixando Sky pra enfrentar sozinha a parada. Sky e Six eram bem mal faladas pela vizinhança. Isso tudo por que Six era adepta do namoro livre, e Sky acaba pagando o pato também, apesar de pouco se importar. Na verdade Sky tinha um comportamento um tanto quanto arredio no quesito amasso! Apesar de sua fama, a moça não era chegada aos finalmentes. Apenas mão naquilo, aquilo na mão... não, não podemos falar mais. Surpresa!!!

Aí Sky esbarra num carinha muito do lindo no supermercado, o Holder... os dois ficam bastante impressionados um com o outro. Vamos adiantando que a história é cheia de meandros, e esses mistérios vão sendo esclarecidos ao longo do livro, então estamos cheias de dedos para não acabar com a graça da história. Bem, eles acabam estudando na mesma classe e Sky faz um novo amigo; o Breckin é uma graça e se autodenomina mórmon gay. Six é daquelas amigas que uma sacaneia a outra... e os diálogos são muito dinâmicos e fascinantes. Já disse que adoramos Colleen? Já? Ah, as cenas das duas falando no celular são um caso a parte... rs. Six não aceita ir pros cafundós do Judas sem ter um modo de ficar de trelelê com a amiga, e deixa um celular pré-pago escondido da mãe da Sky. O resultado? Cenas hilárias e diálogos altamente divertidos. 
 
Sky e Holder tem uma das cenas de primeiro beijo mais lindas já lidas. Dá um vuco-vuco nas entranhas. Juro! A história é densa algumas vezes, pois somente no decorrer dela é explicado a causa dos pesadelos desde a infância de Sky. E Holder tem um segredo envolvendo a morte da irmã. Mas não se assustem... as coisas se resolvem. Tudo bem que esse livro rendeu uma série. Já tem o livro 3 disponível e se trata da história de Six, sua amiga.
Durante as primeiras 100 páginas do livro, o clima de amor adolescente que envolve o casal Sky e Holder seria enredo para um livro florzinha, já que quando a coisa começa a esquentar a autora cria uma situação onde um ou outro dá uma travada. Aí você continua lendo porque mantém a esperança de que em algum momento, mesmo sem a autorização da Colleen, um dos dois vai meter o pé na jaca e chegar nos finalmentes de tanto tesão acumulado. Rss. Mas a gente disse que seriiiiaaaaaa... Em várias cenas rola uma deixa de que algo muito maior está rolando e que em algum momento as pontas soltas vão começar a ter alguma razão de existir. E é aí que o livro torna-se excelente!
Esqueça o romance, a inocência da juventude, as intrigas adolescentes e se prepare pra cair no mundo real, punk, perverso e aterrador. Colleen dá um sentido completamente novo no curso da história da vida de quase todos os personagens, inclusive dos que já partiram para o “aquém do além adonde veve os mortos”.
Não podemos falar como a coisa toda se desenrola e nem queremos dar pistas sobre o que acontece por que sabemos que metade de vocês jamais lerá o livro sabendo qual o conteúdo ou qual caminho Sky vai ter que trilhar até chegar a seu happy end. Tini bocuda estava tão envolvida com outros livros que ao me indicar esse não teve tempo de falar sobre, e por isso fui pega de surpresa. rss Ah! Também deve ter pensado que, assim como tantos outros, esse entraria pra minha interminável lista de livros que, quem sabe um dia, lerei. Kkk. Posso apenas adiantar que não é um livro pra quem quer curtir uma leitura morna e leve antes de dormir. Apesar de se tratar de um casal novinho, Holder dá um banho em muito mocinho já maduro.  

O livro 2 é a versão vista pelos olhos do Holder. A história se completa nesse livro e todas as questões são bem amarradinhas. Tudo é resolvido e a gente fica com cara de abestado pela trama super bem elaborada.

 

Resumindo: Surpreendente e envolvente. Mesmo muito distante do que esperávamos até determinada parte, fomos arrebatadas pela trama e só conseguimos dormir depois de terminar a leitura. Recomendadíssimo!!!



10 comentários:

  1. Recomendadíssimo e com R maiúsculo!!! Eta livro bom!! A Colleen Hoover arrasa mesmo, sou fã total. Nesse série então... Ela se superou! A melhor dela até agora.
    Ótima resenha! Parabéns! Disse tudo e mais um pouco, sem contar nadica de nada!! rs
    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha.. realmente, sem pistas do que se trata o livro, mas o livro é O Livro!! Mara, né não???

      Excluir
  2. Bom dia Tininha, adorei a resenha, parabéns. Sou fã da Collen Hoover e quem ainda não leu, leia, vale a pena e todas ficarão viciadas na escritora. Beijos. Uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Fê... concordo com vc! As pessoas deveriam fazer da Colleen uma leitura obrigatória. Ela escreve muito bem e seus personagens sempre tem uma história tocante e envolvente. Emocionante mesmo!!! E Kibon que vc gostou da resenha... rsrsrs
      Bjs e boa semana a todos!

      Excluir
  3. Esse livro também me pegou de surpresa. E concordo inteiramente com vocês. Coolen Hoover é diva. Ainda não li Losing Hope, mas acredito que seja também perfeito.
    Resenhei esse livro também e tenho certeza que não consegui passar tudo que senti, afinal como falar tudo de um livro tão maravilhoso?
    Maravilhoso!
    Ótima resenha meninas.
    bjs
    Luana
    www.blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, não deixe de ler Losing Hope, pois ele te dá respostas que o livro 1 deixou sem amarrar. Conta mais da irmã do Holder, e mais uma vez muito obrigada pelos pitacos. Fico toda contentinha quando vcs dão seus pitacos...rsss
      E sua resenha é mara tb!!! Divertida... aproveito e faço um merchand aqui do Mundo de Tinta!
      bjsss

      Excluir
  4. Está na minha lista faz teeeeeeempo!!! Culpa dos escoceses........ Mas vou pedir todos da Collen no meu niver, mês que vem!!! iuhuuuuuuuuuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gladys, mofia... não posso te culpar que os escoceses são TDB, mas há vida fora das Highlands... kkkkk
      Tente ler a Colleen que vc vai viciar... aposto!
      bjsss

      Excluir
  5. Também estava na minha lista de espera, mas quando lí sua resenha passei na frente hahahaha...
    Como sempre não me decepcionou, surpreendeu, lí até o da Six, realmente muuuiitoo bom!
    bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, vc acabou me passando na frente...rs.. ainda vou ler o da Six.. Fidis Bocuda leu e me contou algumas partinhas.. parece ser tb muito bomm. Nunca li nada dessa autora que me decepcionasse... ela é demais!!!
      Obrigada, Rê, pelos pitacos. Volte sempre...rs

      Excluir

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS