domingo, 16 de agosto de 2015

Christina Lauren # Série Cretinos - Paixão Irresistível, Noiva Irresistível e Playboy Irresistível





O livro 2,5 já começa assim “O que acontece em Las Vegas fica em Las Vegas”... e esta é uma frase cheia de possibilidades. Neste livro vimos Bennet saindo para um fim de semana com os amigos para curtir sua despedida de solteiro. Nem preciso dizer que a coisa desanda, né? Afinal estamos falando do casal mais temperamental na história dos livrinhos. Ele dá e ela devolve, sem pensar... kkkk. A despedida fica tensa quando tudo que estava bem planejado por Will, que seria um fim de semana dos homens, cai por terra quando as mulheres entram em cena. E tudo que pode dar errado acontece... rs.

Aí vamos para Noiva Irresistível, onde o casalsinho mais cretino da história está se preparando para o casamento e simplesmente a festa sai de mão. Os dois planejaram um casamento para no máximo 100 pessoas, um casamento íntimo, só para os mais chegados e... a coisa desanda e simplesmente acaba num casamentão. 350 convidados e na pertinho de casa. Que isso???!!!

Estamos falando do casal mais cretino que conhecemos, e a coisa ferve. E muito. Taca fermento em cima e nem estamos perto da coisa. Pra piorar, as famílias mais distantes são convidadas pelos pais/sogros cretinos. Detalhe da festa: Bull, o primo sem noção do Bennet e as tias coroas de Chloe fogosas e recém-divorciadas. Não tinha como sair bem.

É uma coisa pra rir do começo ao fim. As tias com afliceta dão em cima do Will, tudo com dedo do Bennet, é claro.

Ahh, e a festa?? Tudo combinado pra em cima da hora dar tudo errado. Bem típico do casal. Madrinha com vestido com marca de freada bem em cima do barrigão, alianças amassadas... e lama. Muita lama. Muita discussão e catracadas fortes, sem contar da última maluquice do Bennet, tentar se manter sem sexo até o casamento, mantendo-se meio virginal...hahaha. Só as cenas da Chloe tentando-o já valem o livro, são fantásticas de hilárias... kkkk. Amei!

Digno de várias risadas, e pra ser sincera, um dos livros mais divertidos do casal pirado.

Então parti para o livro do Playboy Irresistível, que não podia ser outro que o Will. O amigo safado, gostosão e que não queria se prender a ninguém. Will estudou com Jensen, foi estagiário do pai do Jensen, e deu uns pegas na irmã do Jensen. Bom, sacamos que o tal do Jensen foi um amigão do Will, né? Sim, antes do trio parada dura se formar: Will, Bennet e Max.

Só que as autoras na dormem quando se trata de dar o troco pros safados e cretinos. Não!

Aí começa a ficar legal. Jensen tinha outra irmã, a caçula, a Hanna, mais conhecida pela família como Ziggs. A bichinha era uma CDF como poucas. Seguindo os passos do pai, ela só pensa em passar todo seu tempo livre no laboratório, desenvolvendo suas pesquisas até que seu irmão Jensen se mete e a aconselha a tomar aulas com Will de como trabalhar E se divertir. Sair pegando geral. Só que ninguém sabia que Hanna tinha uma paixão encubada por Will, que só a enxergava como a garotinha irmã do amigão. Ecaaat.

Bom, os anos passam e Ziggs continua Ziggs para Will até que ele coloca os olhos em Hanna.

Will tinha uma agenda bem cronometrada com suas ficadas. Terça pegava uma e sábado outra, ele não enganava ninguém e começa suas “relações” francamente, sem esconder nada e ninguém. Até que Hanna aparece e bagunça tudo.

Ela sabia das safadezas de Will de outros carnavais, viu sua irmã amargar um pé no rabo bem dado por ele e jurou nunca se colocar nessa situação, até que o destino se mete. Ela se aproxima dele só para aprender sua técnica de calhorda que se diverte sem sofrer um arranhão, e ainda por cima continuar sua carreira. O que acaba acontecendo é outra história. Ela tenta ser o que acha que ele quer que ela seja, e ele fica sem entender nada. Está acostumado com mulheres que o querem e as que entram na sua, mas não com uma como Hanna. Além do fato dela ser irmã do seu amigo, ela vai chegando e tomando conta da situação. Tadinho do Will, ele fica perdido, e é uma delícia assistir sua derrocada, além de ser super zoado pelos cretinos dos seus amigos e suas mulheres... hahaha. Uma coisa que achei bem diertida é quando usa as técnicas do Will nele. O carinha pira!

E fica bem divertido acompanhar os desvarios e desencontros desse casal. Muito divertido e digno de altas risadas também.

O que muito me agradou nessas autoras, é o jeito irreverente e o bom humor que perdura em seus livros. Leitura leve, despretensiosa e divertida. Eu me apaixonei pelos cretinos, e já vou garantindo: a leitura se torna um vício, então se prepare para começar com um livro e sair comprando a série toda.






2 comentários:

  1. Muito legal essa série, ri tanto com o casamento do Bennett e da Chloe, o Max dirigindo... é coisa de outro mundo, ksksksksksks. Agora vou partir pra nova série das autoras (Selvagem Irresistível) e ver se é tão boa como essa, enquanto aguardo ansiosa a entrega de "Surpresa Irresistível". Parabéns pela resenha, como sempre vocês arrasaram, bjs. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, esse casamento é coisa de louco!! kkkkk
      Além do Max dirigir mal, tb tem todos os desencontros e coisas que vão dando errado ao longo do livro.
      Amei essa série!!

      Excluir

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS