segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Lara Adrian – Bound to Darkness#13º Livro da Série Midnight Breed



Chegamos ao livro da filha do Chase, a Carys, e vou te contar, não esperava tudo isso não. Foi uma surpresa maravilhosa descobrir que esse é um dos melhores até então. Adorei, e como nos últimos livros, esse está recheado de cenas com os antigos da Ordem.

Carys se apaixona por um carinha que é lutador dessas gaiolas de clubes subterrâneos e clandestinos, mais precisamente, do clube do pai da Jordana, a mulher do Nathan (spoiler, se você marcou bobeira e não leu o último livro, não leia essa resenha, pois tá recheada de assuntos relacionados ao último livro).

Nem preciso falar que Chase não se agrada dessa escolha. Ele queria alguém mais apresentável, que ele soubesse de onde vinha, alguém que ele conhecesse... tsc tsc tsc. Olha o roto falando do esfarrapado... rsrsrs. Mas na verdade Chase estava preocupado com a segurança da filha, e ela sabia disso, mas queria sua cota de liberdade. Pois bem, mais uma prova que não importa seu passado, mas quando você vira sogro(a) o buraco é mais embaixo... kkkk. Chase pira com esse genro, não quer de jeito nenhum, mas fazer o que, né?

Bom, a questão é que Carys sai do Darkhaven do pai meio brigada com o seu irmão gêmeo, e contra a vontade do pai vai morar no apartamento da sua amiga Jordana, que estava acasalada com Nathan. E assim sai da mira (ah, coitada!) do pai e do irmão. Bom, lembrando das habilidades do Chase de se misturar nas sombras... Carys puxou ao pai, tá? Então a bicha arruma um jeito pra dar uma escamoteada e fazer o que bem quer, pra desespero do pai. Adorei esse livro, Chase come o panetone que o diabo amassou com o rabo com essa filha. Hahaha (Fidis ama o Chase, mas esse sogro ninguém merece!).

Por outro lado temos Rune, carinha muito lindo e misterioso. Seu passado? Não era assunto para conversa nenhuma. Eles estavam juntos, mas os segredos da vida pregressa de Rune estavam guardados a sete chaves... até que Lara Adrian revolve suas profundezas... rsrsrs.

O livro é cheio de ação, muito eletrizante, e não podia deixar de contar que as ações envolvendo um Rune nu são dignas de se comentar. Rapaz, mas que TDB!!! Ele tem uma pegada!! Não é à toa que a Carys fica gamada nesse esparrame de hômi. 

Bom, voltando ao livro, Rune dividia seus momentos livres cheio de paixão com Carys, mas não sua veia. Por que sabia que no momento que isso acontecesse seu passado seria descortinado à Carys, e ele não suportaria. Não queria contar muito, mas não tenho como deixar passar que quando a coisa começa a escapar ao controle de Rune, as coisas vão se atropelando até o ponto que a Ordem acaba envolvida na parada. E essa partinha é digna de nota. Toda a Ordem dá as caras e se mete nessa parada, por que a coisa fica beeem apertada. Mesmo não querendo dar muitos spoilers, é quase impossível. A parte que todos se juntam contra o malvadão é de arrepiar. Muito legal ver todos. Ah, e o filho do Lucan mostra que é bem filho de seu pai, e uhuuu, não posso esperar pelo livro dele, que promete!

Livro muito bom, excelente, pra falar a verdade. E temos a certeza que nem tão cedo essa série vai acabar, pois a autora deixa explícito que muitos outros livros serão escritos. Não vejo a hora do próximo lançamento!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tradutor

ÚLTIMAS POSTAGENS